domingo, 2 de maio de 2010

Os Vulcões Brasileiros


















Ilha de Trindade, costa brasileira, Atlântico Sul. Autor anônimo.

Disse um poeta que o Brasil é uma terra abençoada por Deus e bonito por natureza. Lirismos à parte, de fato, no quesito vulcões e suas erupções temos enorme vantagem comparativa em relação a outros países.
A Ilha de Trinidade e outras ilhotas satélites está situada a 1.100 km da plataforma continental brasileira, próximo ao estado do Espírito Santo, e é considerada um vulcão sem atividade. As pequenas ilhas representam o território brasileiro mais afastado do continente com importância militar e científica devido a sua proximidade da fossa oceânica, que é sítio de instabilidade geológica para atrito de placas tectônicas e atividade vulcânica .
No final do século XIX, com objetivo de garantir sua supremacia no Atlântico Sul, a Inglaterra ocupou-a e tentou se apropriar do pequeno arquipélago, mas foi dissuadida pela pronta intervenção diplomática do Brasil sob a liderança do extraordinário Barão do Rio Branco.
Hoje a ilha é sede do Posto de Observação Oceanográfica, onde trabalham cerca de 32 militares da Marinha de Guerra do Brasil, especializados na coleta de dados maregráficos, sismológicos e meteorológicos naquela região. No arquipélago existem 5 vulcões acima da linha dágua oceânica. A última erupção contudo aconteceu há 50 mil anos.
Tal qual acontece nos terremotos, a ciência ainda não consegue estabelecer com exatidão quando um vulcão voltará a atividade, ou se irá extinguir-se em definitivo.

2 comentários:

Cinthia Medeiros disse...

Oi, Itajaí! prazer enorme te ver por aqui. Parabéns pelas postagens criativas. Obrigada pela lembrança.

Abraço.

Itajaí de Albuquerque disse...

Oi, Cinthia! Quanto tempo! Obrigado pela visita. Não descuide de publicar.